Estudantes da UFMS poderão atuar como monitores bolsistas ou voluntários

Para o segundo semestre de 2020 a UFMS oferece 182 bolsas e 232 oportunidades para voluntários no Programa de Monitoria. Os estudantes de graduação interessados têm entre hoje, 1, e 3 de setembro para inscrição no Sigproj.

As disciplinas com oportunidade aberta e demais informações sobre a monitoria podem ser obtidas no edital no site da Pró-reitoria de Graduação e nos editais específicos de cada unidade, nos respectivos sites.

As bolsas serão concedidas de setembro a dezembro, com valor mensal de R$400,00. Para se candidatar é preciso estar regularmente matriculado na UFMS; ter disponibilidade de 20 horas emanais para as atividades; ter cursado a disciplina a que deseja concorrer com aprovação, ou ter sido dispensado dela por meio de aproveitamento de estudos; e não ter pendência administrativa com a Universidade.

Segundo o pró-reitor Ruy Correa Filho, os monitores colaboram com o atendimento aos estudantes e com a preparação das aulas, obtendo também uma formação pessoal e profissional diferenciada. “O Programa de Monitoria favorece o domínio de conteúdos e o aprimoramento intelectual e promove experiências que desenvolvem boas habilidades nas relações interpessoais e instigam o desejo de ajudar as pessoas. Para os alunos atendidos pelo monitor, a monitoria permite uma melhor aproximação aos conteúdos, em função da abordagem. Muitos monitores se tornam professores universitários no futuro”, apontou.

A professora do campus de Aquidauana, Daniela Althoff Phillipi contou que foi quando atuou como monitora, durante sua graduação em Administração na Universidade Federal de Santa Catarina, que escolheu a docência e a pesquisa. “Na ocasião desenvolvi materiais para os professores e foi muito interessante, entusiasmei-me ainda mais porque gostava dos conteúdos daquelas disciplinas. Naquele momento pude aprender e também desenvolver atividades junto com os estudantes, tirar dúvidas. Esse é o papel do monitor, auxiliar os colegas e os professores”, disse.

Na UFMS a docente também já obteve monitoria para disciplinas que ministra. “Para mim sempre foi muito bom ter monitores porque através deles conseguimos entender mais a linguagem do estudante, o universo dele. Os monitores nos ajudam a desenvolver materiais didáticos e pedagógicos. No semestre passado, já na pandemia e no ensino remoto, tive a oportunidade de ter duas monitoras e nesse momento mais complexo, a participação delas se tornou especial para a execução das atividades da disciplina. O monitor nos dá opiniões, troca ideias com a gente e através disso conseguimos ter um processo de ensino e aprendizagem melhor. É uma oportunidade de nos reciclarmos também, ao mesmo tempo em que eles aprendem nós aprendemos com eles também”, afirmou.

A estudante Leiziane Almeida Coelho foi uma das monitoras que atuou junto à professora Daniela no último semestre. “Tive uma grande experiência na monitoria da disciplina ‘Gestão socioambiental’. Além da responsabilidade, foram vários conhecimentos adquiridos que, acredito, me tornarão uma profissional mais capacitada. O trabalho em equipe juntamente com a professora e com os alunos foi muito bom”, relatou.

Categoria:Variedades