Pesque e Solte está liberado desde dia 1º nos rios Paraguai e Paraná

Amantes da pesca, já podem praticar a modalidade pesque e solte na calha dos rios Paraguai e Paraná. Porém, como o período de defeso continua vigente em todo Estado até dia 28 de fevereiro, nenhum peixe pode ser retirado dos rios nesse interim, a não ser nas exceções previstas em lei.

A coordenadora da Unidade de Recursos Pesqueiros do Imasul, Fânia Campos, alerta onde não é permitido nenhum tipo de pesca.

Ela ressalta que o Pesque e Solte não afeta a Piracema, pois nos rios onde é liberada a modalidade, os peixes iniciaram a subida antes, portanto já fizeram a desova.

Fânia cita quais são os rios sul-mato-grossenses destinados a essa modalidade.

Além do Pesque e Solte, a única pesca permitida durante a Piracema nos demais rios do Estado é a pesca de subsistência, sem a possibilidade de comercialização.

Infratores da legislação serão encaminhados à Delegacia de Polícia Civil para lavratura do auto de prisão em flagrante, podendo, se condenados, pegar pena de um a três anos de detenção. Além do mais, terão todo o material de pesca e mais motor de popa, barcos e veículos utilizados na infração apreendidos, além de serem multados administrativamente em um valor que varia de R$ 700,00 a R$ 100 mil, mais de R$ 20,00 por quilo do pescado irregular.

Por Portal MS. Foto: Divulgação


Categoria:MS